Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Discussão curiosa...

Mäyjo, 23.03.16

papel_SAPOPAPEL HIGIÉNICO, TOALHITAS OU BIDÉ: QUAL A FORMA MAIS SUSTENTÁVEL DE LIMPAR O RABO?

Há uma nova moda na higiene pessoal dos norte-americanos que está a preocupar os ambientalistas: como de bebés se tratassem, muitos adultos estão a utilizar toalhitas para limparem o rabo – e perdoem-nos o vernáculo, mas não há outra forma de o dizer.

De acordo com o Bloomberg, esta tendência começou há pelo menos uma década e está a ficar fora de controlo, à medida que cada vez mais toalhitas são enviadas pela sanita abaixo e encontradas nos esgotos das cidades norte-americanas, entupindo-os e causando milhões de dólares de prejuízos por ano para as entidades que os gerem.

“Há cada vez mais adultos a pensarem que se as toalhitas são boas para os bebés, também o são para eles”, explicou Vicent Sapienza, comissário-adjunto do Departamento de Protecção Ambiental de Nova Iorque. “As marcas podem dizer que elas devem ser enviadas pela sanita [porque se desfazem], mas elas acabam nos esgotos completamente intactos”.

Millennials gostam de toalhitas

Quando John Cook, director-executivo da Gawker Media, leu o artigo da Bloomberg, ficou chocado. “Normalmente, nunca utilizaria o Gawker para falar de adultos que utilizam toalhitas para limpar o seu rabo adulto”, admitiu. No entanto, uma pesquisa informal junto dos colaboradores do Gawker, uma redacção constituída sobretudo por jovem Millennials, revelou um “nível alarmante de utilizadores de toalhitas entre os futuros líderes do nosso país”.

E concluiu: “Se existe uma confusão entre o que é apropriado – e não apropriado – para limpar o nosso rabo numa geração emergente inteira, então estamos em sarilhos, amigos”, concluiu.

Ainda de acordo com as Bloomberg, o mercado norte-americano das toalhitas que se desfazem já vale €2,2 mil milhões e está a crescer todos os anos. Ou seja, há cada vez mais pessoas a trocarem o papel higiénico pelas toalhitas. Existe, inclusive, uma marca exclusiva para homens, a prova de que o mercado está a amadurecer.

A salvação no bidé

Segundo Umbra Frisk, especialista em conselhos ambientais do site Grist e responsável pela secção Ask Umbra (“Pergunte a Umbra”, em português), a cada vez maior utilização de toalhitas por adultos leva-nos, invariavelmente, para o caminho do… bidé.

“Se isto já não é uma escolha entre papel higiénico e um bidé, mas estamos a ver uma tendência [de crescimento] de toalhitas que, para além de custarem €0,25 cada uma mal se conseguem empurrar pela sanita, então, seriamente, devem comprar todos um bidé”, explica Umbra. “O bidé utiliza menos água que é utilizada para fabricar papel higiénico e sabe-se lá o que poupa quando comparado com aquelas toalhitas estúpidas para adultos”, continua.

“A sério” – reforça a sempre pragmática Umbra. “Se podem pagar €0,25 por uma toalhita, por que não pagar €1.000 por uma sanita Toto Washlet ou €5.400 por uma Numi. E o vosso rabo até fica mais limpo e suave”.

No final do artigo, Umbra deixa uma pergunta. “A sério, estou mesmo curiosa para saber a percentagem dos nossos leitores que utilizam toalhitas para adultos”.

Veredicto: bidé

Foto:  emdot / Creative Commons

 

in: Green Savers